IMAGENS DE CURITIBA - 8

Hoje Curitiba completa 315 anos.

Em meio a muitos problemas, como a explosão da violência, o trânsito cada dia pior e o gargalo do transporte coletivo, ainda assim continua sendo um bom lugar para se viver.

Não custa lembrar de seus muitos parques (alguns já mostrados aqui) que garantem uma cidade onde enchentes são fatos isolados. E de seus eixos de transporte, que garantem a possibilidade de se construir no futuro o metrô mais barato do mundo, se necessário.

Também não se deve esquecer que a maior obra urbana do país na atualidade está aqui, a Linha Verde, uma grande avenida na antiga BR-116 e que se transformará num novo pólo de desenvolvimento urbano, um novo centro da cidade capaz de receber empreendimentos comerciais, prédios e serviços públicos diversos, desafogando o centro original, pelo qual passam 70% dos curitibanos todos os dias.

É fato que aqui não se vive só de flores. A Região Metropolitana de Curitiba apresenta municípios paupérrimos, alguns deles listados como os de pior IDH do Brasil, perdendo inclusive para muitos do Nordeste. Itaperuçú, Tunas do Paraná, Rio Branco do Sul e Doutor Ulisses, são lugares dominados por oligarquias locais e deputados estaduais corruptos de baixo clero, de um tal modo que sair de Curitiba para chegar a esses lugares é como deixar Paris para encontrar Cabul. O bom senso e o progresso de Curitiba não emanam para suas divisas.

Mas graças à visão de grandes prefeitos, como Jaime Lerner (o melhor,definitivamente), Raphael Greca, Maurício Fruet, Saul Raiz, Omar Sabbag, Ivo Arzua e Ney Braga Curitiba é uma cidade que ainda pode apresentar soluções para os gargalos que o progresso impõe à ela.

Nos links que seguem, o leitor verá toda a série Imagens de Curitiba:

1, 2, 3, 4, 5, 6, 7.

Hoje, trago imagens do Santuário de Shoenstatt, célula de uma obra internacional fundada pelo padre alemão José Kentenich, que também tem uma filial brasileira em Atibaia/SP, mas cujo centro e origem é o Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, na Alemanha.

É um pequeno parque no bairro Campina do Siqueira, de jardins com uma capela, um local de meditação e paz em contato com a natureza. Clique nas fotos para ampliá-las, a cópia é livre e o uso também, citando, claro, a minha autoria.

1. Vista da capela.











2. Isto é um incinerador. As pessoas podem ir à capela, fazer uma oração e deixar marcadas num papel suas angústias e mesmo seus pedidos. Após algum tempo, eles são incinerados em uma cerimônia.












3. Vista dos jardins.













4. Vista dos jardins, oratório.













Com essas imagens,que homenageiam a capital paranaense e Nossa Senhora, peço sua benção em fazer de Curitiba, minha terra natal, uma cidade cada dia mais bela e justa.


PS: No início deste mês eu havia pedido para os leitores que conhecem outros Santuários de Schoenstatt pelo Brasil afora, postarem fotos deles. Ninguém respondeu, mas ontem, um leitor que chegou aqui recentemente avisou da existência de uma filial em Londrina e colocou fotos que podem ser conferidas aqui. Agradeço ao Airton, vão lá e confiram que belo lugar, na bela cidade de Londrina.