IMAGENS DE CURITIBA - 7

Lembro da área do Jardim Botânico como um imenso terreno baldio ao lado do velódromo de Curitiba, pronto para ser atacado pela especulação imobiliária ou transformado em favela, dada sua proximidade com a BR 277, saída da cidade para o litoral.

No entanto, vendo que havia ali uma pequena área ainda nativa de floresta, a prefeitura (Jaime Lerner, claro!) foi lá e transformou em símbolo da cidade.

Vamos às fotos (clique sobre elas para ampliar, pode copiar livremente para seu computador).

1. Vista dos jardins e dos chafarizes.









2. Dentro do chafariz,a estátua "Amor Materno" de João Zago, que foi doada ao município pela comunidade polonesa, e que compõe uma bela imagem com o a cúpula envidraçada ao fundo.









3. Outro ângulo da cúpula envidraçada. Dentro dela, há várias espécies vegetais que não resistem ao frio. Aliás, em todo o parque, há placas indicativas das espécies raras que são preservadas ali.









4. Dentro da cúpula, um chafariz.









5. Visão lateral da cúpula, do espaço cultural Frans Krajcberg e de um jardinete decorado com uma estrutura de bambus.









Além do espaço cultural citado, ainda há no local uma galeria de arte e um local onde as escolas municipais levam os alunos para ministrar educação ambiental. E um parque que fecha seus portões por volta de 20:00, reabrindo-os em torno das 6:00 da manhã.

No próximo Imagens de Curitiba, vou mostrar fotos do Santuário de Schoenstatt. É um santuário da Obra Internacional de Schoenstatt, originado do Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Shoenstatt, na Alemanha, fundado pelo Padre José Kentenich. Consta que tem versões em vários lugares do Brasil(eu sei da de Atibaia), mas eu gostaria que os leitores me dêem informações e fotos sobre os de outros lugares, se conhecerem. Tentemos uma blogagem conjunta.