IMAGENS DE CURITIBA - 14

O maior parque urbano de Curitiba é o Tingüi. Localizado no bairro do Tanguá, e muito próximo de outros parques e monumentos curitibanos (o parque Tanguá, a Ópera de Arame e a Unilivre), ele abriga quadras esportivas, churrasqueiras, ciclovia e alguns monumentos, entre eles, o Memorial da Imigração Ucraniana, motivo das fotos de hoje.

Em Curitiba, há vários memoriais homenageando as muitas correntes migratórias que formaram a cidade. Já mostrei aqui, os memoriais da imigração alemã e polonesa, e agora repito com esta, avisando que ainda há outras nacionalidades que serão homenageadas.




A primeira foto é da entrada do memorial. O prédio principal é a réplica em madeiras nobres da igreja da comunidade de imigrantes ucranianos da Serra do Tigre, no município paranaense de Mallet. Este monumento foi inaugurado na gestão do prefeito Rafael Greca de Macedo, durante o governo estadual de Jaime Lerner, com a presença do então presidente da Ucrânia, Leonid Kutchma.

Visão geral do local, tirada por detrás da igreja. À esquerda, uma pêssanka estilizada e à direita, o campanário da igreja. O leitor me perdoe pela lixeira em primeiro plano.

Escultura estilizada de uma pêssanka. Pêssankas, são ovos decorados, uma tradição ucraniana de páscoa e se não me engano, também natalina. Dentro da réplica da igreja, há uma mostra permanente de arte ucraniana. Dezenas de pêssankas lindíssimas, quadros e toalhas bordadas, pinturas e esculturas num ambiente em que se ouve baixinho, ao fundo, músicas típicas ucranianas.

Esta imagem tirada da porta do monumento, eu ponho aqui para que o leitor entenda o efeito de um parque urbano numa cidade. Em volta do parque Tingüi existem agora dezenas de condomínios de luxo e mansões. Áreas que poderiam transformar-se em favelas, foram bem aproveitadas pela municipalidade, gerando empregos na construção civil e riquezas que melhoram a vida de todo o município. O parque e o monumento já se pagaram várias vezes, além de trazer turistas.

E próximos dali, mais patos...















CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS.
USO LIVRE NA INTERNET, CITADA A AUTORIA.