"O Brasil ficou entre os oito melhores do mundo no futebol e ficou triste. É 85º em educação e não há tristeza.”
Senador Christovam Buarque (PDT-DF)