QUANDO OS PESSIMISTAS DESISTEM E OS OTIMISTAS REZAM!



Eu estava aflito e já imaginava desde a semana passada que o Coxa não seria campeão.

Fruto da minha alma pessimista, eu cheguei a ter pesadelos com a perda do título por alguma bobeira do time e, aos 36 do segundo tempo do jogo de hoje contra o valente Santa Cruz, vi o pesadelo virar realidade, bateu o desespero, tive vontade de desaparecer.

Eis que aos 42 o garoto Keirrison empata numa bola mascada e aos 47, na bacia das almas acontece o milagre e Henrique Dias marca o gol da vitória.

Deus definitivamente existe!

O leitor sabe o que é chorar de alegria?

Eu hoje chorei de alegria, xinguei a mim mesmo pelo meu maldito pessimismo e fui pro meio do povão Coxa-Branca que desfilou em toda a Curitiba orgulhoso da alma guerreira do seu time.

Já disse aqui e repito: pro Coxa nada é fácil, tudo é suado, e é por isso que aquele que um dia se apaixona por ele, vira amante fervoroso!

Seguem algumas fotos dessa caminhada de 2007: